1º dia inteiro na creche e outras coisas soltas

tirando a chuva que caía na hora que o fui buscar, correu tudo bem. estou cheia de orgulho deste meu bezerro. e de mim, de nós, porque somos nós que fazemos isto acontecer assim, somos nós que o fazemos assim, simpático, porreiro, risonho e de boas-noites. bah, claro que isto também tem muito dele, mas não me canso de repetir que tem MUITO de nós.

ouvir as educadoras a gabarem-nos o filho ao final da segunda semana é bom mas bom: ‘porque se está sempre a rir’ ou ‘porque não chora’ ou ‘porque é tão calminho e bem disposto’ ou ‘quem nos dera que fossem todos assim’, é um rol de elogios. e podiam começar agora aí a dizer que sou eu que invento e multiplico os elogios, mas isto foi-me reportado pelo marido, senhor distraído-para-estas-coisas, logo, só pode ser verdade. eh eh!
até agora ele tem ficado cada dia mais um bocadinho na creche e hoje foi o primeiro dia que ficou a tempo inteiro, das 9h15 às 17h30. quando o entreguei, hoje também fui eu que o levei pela 1ª vez, estava a dormitar e quando o fui buscar estava descansado da vida na espreguiçadeira. quando me viu,deu-me o melhor sorriso do mundo e eu senti que tudo vale a pena.
a entrega de manhã é muito rápida, não há cá tempo para grandes conversas nem apertos e beijos. dizemos a que horas comeu e quem vem buscar ou outro recado qualquer importante e nem entramos na sala. ala que se faz tarde, há que ir trabalhar, fugir ao trânsito, picar o ponto. snif, snif, que queria despedir-me com mais carinho. vá, miúda, nada de lamechices!
tenho conseguido portar-me muito bem e só ligo uma vez por dia, apesar de a educadora ter dito que podia ligar as vezes que quisesse, antes da uma, que é quando eles começam a dormir, não me posso esquecer. e na realidade, não me dá vontade de ligar mais. acho que passo melhor arrumando este assunto a um canto e só pensando no final do dia. estar a sonhar acordada como ele está ou deixa de estar, a que horas come, o que dorme, não me faz bem. não sou eu que controlo isso agora, no horário diurno obviamente, e por isso não quero pensar nisso. sou forte! mas nestes primeiros dias vou ligar para confirmar que está tudo bem e para me habituar a esta nova rotina.
a recolha à tarde já é mais calma, apesar de ser o caos para estacionar o carro, hora de ponta na recolha de miúdos, bolas. que confusão de entra e sai e casacos e malas e chapéus de chuva e pais e avós. conversei um bocadinho com a auxiliar, fiz as perguntas da praxe, obtive a informação necessária, espreitei os colegas e viemos embora. pude ver a fotografia dele na piscina de bolas, tirada a semana passada. feliz que só ele! quase que se sumia no meio das bolas coloridas, ah ah!
 
tenho a customização do dossier dele, para o registo das actividades na creche, em falta, e do saco. ainda não me apeteceu pegar nisso, porque ainda não tive a ideia luminosa que preciso. sei que quero usar tecidos e grinaldas de bandeirinhas, mas ainda não compus o projecto final. tenho para mim que não tarda muito e vão-me perguntar por isso e vai parecer muito mal falhar logo na primeira tarefa. bom, já levei o pacotão de fraldas e os outros itens da lista. not bad!
 
estes últimos dias têm sido cheios de novidades que importam registar, não só ao nível das rotinas diárias, ainda em adaptação porque todos os dias são diferentes (algum dia se ganha rotina com bebés, pergunto), mas também ao nível dele, do baby:
+ a adaptação à cama de grades foi mais que pacífica, passou a dormir de braços abertos, qual cristo-rei e não estranhou nada de nada. é como se nada tivesse mudado, pacífico como sempre. o mobile que pusemos, com música+luz+bonecos a voar não o seduz lá muito. a parte que mais gosta é mesmo das estrelinhas de luz reflectidas na parede. a música é alta demais por isso a maior parte das vezes não está ligada. o mobile é tão quitado que até tem comando;
+ já se aguenta sentado+encostado+apoiado no balde que usamos como banheira. já ocupa mais espaço lá dentro e por isso às vezes é mais difícil pegar na água e dar-lhe banho;
+ o leite em pó tem-lhe dado alguma prisão de ventre, mas já mudámos de marca e aparentemente está resolvido;
+ o final do dia encheu-se de colo e mimos, juntamente com ferve biberões e afins. é chato e ele ainda só usa dois biberões por dia…
+ tem adormecido às 20h de tão cansado que está, é muito estímulo e animação durante o dia;
+ sempre que posso adormeço no sofá antes das 22h. e que diferença faz na minha pessoa!
 
por agora chega.
 
 
 
 
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.