1ª papa

e a partir de hoje podemos cantar ‘come a papa, joão, come a papa’.

correu lindamente (já disse que uso esta palavra demais, não já?). é incrível como ele se adaptou à colher, ao estado semi-liquído-a-puxar-ao-sólido da papa. abria a boca automaticamente, sem pestanejar, como se já comesse papa desde sempre. ah e tal era mama e biberão, julgavam que não me safava nisto. sim, sim, deves, com os pais morfes que tenho, tinha mesmo que começar a comer bem para eles não me passarem a perna.
foi muito giro vê-lo nesta nova etapa, um misto de orgulho muito grande com alguma nostalgia, porque é mais um passo rumo ao crescimento e à independência. faz parte, mãe, faz parte.
começou por comer ao colo do pai, com um grande guardanapo de pano a fazer as vezes do babete impermeável que eu me esqueci de adquirir como parte do kit papa. mas temos um prato-termo com ventosa e colheres e dois sabores de papa, não vá o menino ser esquisito e até água da marca fastio, recomendada pelo pediatra para ajudar à obstipação.
a certa altura, passou para a espreguiçadeira porque o pai, meio tenso como sempre de tão esforçado que é, estava a deixá-lo meio torto. começou por reclamar alto e a bom som, afligindo ainda mais o progenitor, mas quando percebeu que a colher  continuava a entrar cheia calou-se e comeu tudo direitinho até ao fim. num ápice, diga-se. não cronometrei a odisseia mas tenho para mim que foi rápido.
também lhe demos água pela primeira vez, lembrança muito feliz do pai: ‘para ajudar a empurrar a papa’. acho que funcionou porque era uma espécie de ligação ao processo de alimentação que ele estava habituado.
 agora estamos com um dilema: o pediatra disse para lhe darmos papa ao lanche mas isso vai acontecer na escola, durante a semana e nós gostavamos que acontecesse em casa. será mais um momento mum-and-dad-being-selfish? por um lado achamos que não há problema nenhum de dar ao jantar em vez de dar ao lanche, mas também me custa não cumprir o que o pediatra recomendou. aos quase 5 meses de vida não quero começar já a boicotar o homem… não sei mesmo o que fazer, mas acho que vamos reservar este momento para nós e dar-lhe a papa ao jantar. é mais mimo, mais romance e mais amor, mais roupa e loiça para lavar, mas vai saber lindamente (outra vez?!?).
 
por último, registo que a primeira papa foi cerelac multifrutos (farinha láctea sem glutén).
 
ah e temos um vídeo delicioso sobre isto.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.