auto-controlo

pronto, depois da hora de recolher de ontem, é mesmo com este artigo que eu precisava de levar na primeira 2ªfeira de junho, com chuva e frio – mais in your face! não há.

tenho reparado num padrão nas minhas decisões de mudar alguma coisa na forma de vida e/ou de educar os miúdos. as ideias andam a boiar na minha cabeça vários dias, meses até, leio, penso, volto a ler mais, penso mais e de repente, assim num minuto, tomo a decisão de o fazer. não aviso ninguém, avanço.

foi assim com os desfraldes e com as chuchas dos dois. foi assim com roupas e sapatos e actividades. foi assim com as camas e cadeiras do carro.

e, na semana passada, decidi, unilateralmente e sem consulta prévia ao pai, que os miúdos iam começar a adormecer sem companhia.

tenho (temos) perdido horas de vida e de descanso e namoro à conta da hora de dormir destes dois que teimam em demorar séculos a adormecer mesmo com a nossa presença no quarto. o mais novo só adormece com a mão dada e mesmo assim, é coisa para demorar mais de uma hora. as minhas costas, o meu rabo e a minha paciência estavam (estão) em frangalhos. isto tudo mais o facto de o pai de vez em quando deixar cair a frase ‘eh pá, temos que mudar isto, eles não podem continuar a adormecer assim’, ambos anuirmos com a cabeça e um ‘pois…’ e nada acontecer de diferente. a não ser o facto de os dois estarmos sempre a tentar escapar à sina de ficar no quarto uma eternidade.

o joão adormece rápido e de forma pacífica, 95% das noites. o outro… o outro ganha gás e canta durante horas se o deixarmos. e quer a mão, tem que estar sempre de mão dada, em contacto físico com o adulto. era assim até à semana passada. quando eu decidi que ia mudar.

passaram a ficar de luz acesa a ler histórias. já tínhamos feito isso algumas vezes e, apesar de demorar algum tempo, até acabavam por adormecer. primeiro o joão, depois o francisco. sempre assim, neste ordem, ordem que é invertida de manhã. nos primeiros dias desta empreitada, a coisa correu bem. demoraram mais tempo do que o normal mas ficaram sossegados e silenciosos e eu pude ficar no sofá, que era mesmo o principal objectivo. mas ao fim de três ou quatro noites, o mais novo começou nas suas danças habituais: canta, levanta, vai até à sala, fala, deita, canta, levanta, vai-para-a-cama-já-te-disse. e podemos ficar nisto alguns minutos até que eu me passo e vou com ele para a nossa cama. e mesmo aí ele canta e leva uns apertões para ficar calado.

uma vez quando me levantei do sofá para o ir levar à cama, ele foi decidido para o nosso quarto e eu fiquei à porta do quarto deles e ele disse, com o dedo esticado a apontar para a nossa porta: ‘mãe, estás enganada no quarto!’. estão a ver o género???

a cada dia tive que ir acrescentado uma estratégia: apaga a luz, tira os livros, ameaça tirar os bonecos, ameaça de fechar a porta, liga a luz da casa-de-banho, mais ameaças, apaga a luz da casa-de-banho, ameaça e grita, grita mais. aos poucos eles foram esticando a corda e eu deixei ela esticar, sem saber o que fazer porque nada estava a resultar e tendo a perfeita noção que estava a aumentar a bola de neve. séries sempre no pause, sofá frio, guarda à porta do quarto. até que ontem berrei como só tinha berrado uma ou duas vezes com eles, após safanões e ameaças personalizadas cara-a-cara. senti que estava mesmo a abusar deles e a assustá-los, mas ao mesmo tempo estava a ter uma espécie de satisfação interior – mum guilt! já todos sentiram isso, o prazer que o poder dá. só que este poder era sobre os meus filhos, num quarto escuro. not cool, not cool at all!

desisti já depois de o joão ter adormecido. disse ao pai que a partir daquele minuto o outro filho era responsabilidade dele e que eu ia dormir, para não nos massacrar mais. não sei como foi. a minha noite acabou ali.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.